Chávez chama o governo israelense de assassino no canal árabe Al Jazeera

O presidente venezuelano Hugo Chávez chamou nesta quarta-feira de genocida e assasasino o governo israelense por seu tratamento dado aos paletinos, em uma entrevista ao canal de TV Al Jazeera, do Qatar, em Doha.

AFP |

"Rompemos as relações com Israel e não temos previsão de restaurá-las e menos agora", afirmou Chávez respondendo à pergunta de um espectador que se identificou como um porta-voz do movimento islamita Hamas em Damasco, que agradeceu ao presidente por sua solidariedade durante a ofensiva militar israelense em Gaza.

"O povo hebreu não é digno desse governo genocida e assassino", sentenciou o presidente venezuelano que pediu ao mundo solidariedade para com o povo palestino.

Chávez se encontra em Doha onde, na véspera, participou na segunda cúpula de países árabes e sul-americanos.

al/cn/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG