Caracas, 3 nov (EFE).- O presidente venezuelano, Hugo Chávez, disse hoje que o democrata Barack Obama deve vencer as eleições presidenciais dos Estados Unidos, o que seria uma pequena luz no horizonte.

"Se Obama vencer haverá uma pequena luz no horizonte. Tomara que ele mesmo se encarregue de fortalecer essa luz", disse o governante da Venezuela.

Chávez afirmou ainda que se o republicano John McCain vencer, todos saberão o que esperar: "batalha e mais batalha; resistência e mais resistência".

"A Venezuela sabe como se livrar de qualquer ameaça, não tememos o imperialismo", acrescentou o governante sobre uma possível vitória de McCain, apesar de ter insistido em que acredita em uma vitória "folgada" de Obama.

"Tomara que este jovem negro, se for vitorioso como eu e quase todo o mundo acredita, esteja e se coloque à altura da história (...) tomara que olhe a cor de sua pele, revise sua história, e sinta o palpitar do sangue da raça negra africana que tem em seu corpo", acrescentou.

Chávez lembrou que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva manifestou recentemente que uma vitória de Obama "seria algo muito grande e comparado à vitória de Evo Morales, um índio na Bolívia, de um operário no Brasil, de uma mulher patriota na Argentina (Cristina Fernández de Kirchner), de um bispo no Paraguai (Fernando Lugo) e de um soldado na Venezuela".

"Estes são novos tempos e o povo dos Estados Unidos está procurando por um líder; faz tempo que ele não tem um verdadeiro líder", acrescentou.

"Não temos nenhum problema com o povo dos Estados Unidos, gostamos deles, é um povo irmão, são humanos... Nosso problema é com o império agressor, genocida, que não conhece a soberania dos povos", disse. EFE ar/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.