Chávez ameaça rever investimentos de quem adotar nova lei de imigração da UE

Caracas, 19 jun (EFE).- O Governo da Venezuela revisará os investimentos dos países que adotarem a diretiva para deportação de imigrantes ilegais aprovada quarta-feira pelo Parlamento Europeu (PE), disse hoje o presidente Hugo Chávez.

EFE |

Em entrevista coletiva com o chefe de Estado eleito do Paraguai, Fernando Lugo, Chávez classificou a iniciativa como "degradante" e afirmou que o petróleo venezuelano não chegará aos países que adotarem a medida.

O presidente venezuelano disse esperar que "os Governos europeus se pronunciem contra" a nova lei e, em seguida, questionou: "Se a diretiva for aplicada, para que mais cúpulas com a União Européia?" EFE eb/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG