Chávez ameaça expropriar siderúrgica argentina Ternium-Sidor

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, ameaçou neste domingo expropriar a siderúrgica Ternium-Sidor, recentemente nacionalizada, se antes de terça-feira não for concluído um acordo com a proprietária argentina Techin sobre o valor das ações.

AFP |

"Não vou pagar quatro nem três bilhões de dólares, se não se chegar nas próximas horas a um acordo justo. Na terça-feira assino o decreto de expropriação e tomamos o controle da siderúrgica", disse Chávez durante o programa dominical de rádio e TV Alô Presidente.

O grupo argentino Techint possui 60% das ações da siderúrgica Ternium-Sidor, a principal da região andina e do Caribe, por meio da Ternium.

str/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG