Chávez agradece ligações de Lula, Ahmadinejad e Fidel por vitória em referendo

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, agradeceu nesta terça-feira aos telefonemas de felicitação recebidos pela vitória no referendo popular do último domingo, entre eles, o do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

AFP |

Chávez fez o agradecimento durante a inauguração do Fórum Empresarial Venezuela-China, que contou com a presença do vice-presidente chinês, Xi Jinping.

No referendo, realizado no dia 15 de fevereiro, 54,85% dos eleitores venezuelanos aprovaram uma emenda constitucional promovida por Chávez para instituir a reeleição ilimitada para cargos eletivos no país - o que permitirá que ele se candidate a um terceiro mandato nas eleições de 2012.

Chávez citou as ligações dos presidentes do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, da Líbia, Muamar Kadhafi, do Irã, Mahmud Ahmadinejad, e do Equador, Rafael Correa. O presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, não ligou, mas mandou uma mensagem.

O presidente venezuelano destacou as mensagens enviadas pelo líder cubano Fidel Castro, "o primeiro a me mandar saudações", do presidente da Bolívia, Evo Morales, e da presidente argentina, Cristina Kirchner.

"O presidente Evo estava em Moscou, e me disse que estava comemorando com vodca pela Venezuela", contou Chávez.

rsr/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG