Chávez agradece a Lula e deputados brasileiros pela entrada no Mercosul

Caracas, 16 dez (EFE).- O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, agradeceu hoje ao Governo e aos deputados e senadores brasileiros pela aprovação no Senado brasileiro do ingresso de seu país no Mercosul, e disse que esperará com paciência que esse trâmite também se cumpra no Paraguai.

EFE |

À "dura batalha" pela ratificação parlamentar do ingresso da Venezuela no Mercosul "é preciso agradecer a Lula e a toda sua equipe... Aos empresários, a muitos deputados", disse Chávez em Copenhague, onde se encontra para assistir à Cúpula sobre a Mudança Climática.

O Senado brasileiro ratificou ontem, após quase cinco horas de debates que se somaram a uma jornada completa desenvolvida na semana passada, o tratado de adesão da Venezuela ao Mercado Comum do Sul (Mercosul).

O tratado, que os Governos da Argentina, Brasil, Uruguai e Paraguai assinaram em Caracas no dia 4 de junho de 2006, até ontem só tinha sido aprovado pelos Parlamentos argentino e uruguaio.

Chávez disse que o ingresso da Venezuela à união aduaneira "custou muito, porque há muitos interesses que se opõem a essa união do Sul".

O chefe de Estado ressaltou que uma das vantagens da participação de seu país pertença ao Mercosul é que "através da Venezuela" os países sul-americanos "chegam ao imenso Caribe".

"O ingresso da Venezuela acaba com os limites do chamado Cone Sul (...) isto é algo histórico", afirmou. EFE gf/fm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG