Chávez afirma que seus candidatos darão "surra" na oposição

Chávez afirmou que as forças revolucionárias vão "demolir a burguesia podre" venezuelana

EFE |

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, disse neste sábado que sua "revolução" dará uma "surra" na oposição nas próximas eleições parlamentares de 26 de setembro, que são decisivas para a sobrevivência do processo de mudanças socialistas que desenvolve há 11 anos.

"Vamos dar uma surra" nos opositores, "isso está escrito", manifestou Chávez, durante um ato oficial de inauguração de uma fábrica socialista, que foi transmitido pela televisão estatal "VTV".

Reuters
Chavez em carreata em neste sábado
Chávez assegurou que as forças revolucionárias vão "demolir a burguesia podre" venezuelana e seus "candidatos", os quais, reiterou, estariam subordinados ao império dos Estados Unidos.

O presidente reiterou a seus correligionários que um eventual triunfo opositor nas eleições parlamentares significaria uma séria ameaça a sua "revolução".

Chávez comentou as críticas da oposição que o acusa de abusar de seu poder ao utilizar a imprensa estatal para promover seus candidatos, o que, afirmam seus adversários, é uma clara violação à lei eleitoral vigente.

"Já começaram a dizer que Chávez anda em campanha, eu sou um cidadão, eu ando em meu trabalho e não posso me desprender de um compromisso político. Apoio os meus candidatos que são os do povo!", expressou o chefe do Estado.

    Leia tudo sobre: chavezvenezuela

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG