Charles de Gaulle cancelará 20% dos voos por nevasca em Paris

Paris, 20 dez (EFE).- Apesar da redução de 50 para 29 no número de departamentos franceses em alerta laranja, a Direção Geral da Aviação Civil (DGAC) recomendou hoje às companhias aéreas do aeroporto Roissy-Charles de Gaulle (CDG), em Paris, que cancelem 20% de seus voos.

EFE |

O objetivo é evitar problemas, já que os serviços meteorológicos anunciam que amanhã continuarão na França as fortes nevascas que castigam o país há dias.

Durante o dia de hoje, quando o número de voos também foi limitado, o CDG registrou em média uma hora de atraso nos voos não cancelados, enquanto no aeroporto de Orly, ao sul da capital, a espera média foi de 30 minutos.

A DGAC recomenda aos passageiros que tenham programados voos para o aeroporto norte de Paris, que opera cerca de 1.500 voos ao dia, que entrem em contato com as companhias aéreas.

O serviço de trens que conecta Paris a Londres através de um túnel no canal da Mancha continua suspenso, já que um problema técnico na noite de sexta-feira passada deixou mais de duas mil pessoas presas ali.

As demais conexões ferroviárias francesas funcionam com normalidade, salvo pelos trens de alta velocidade (TGV) que circulam mais lentamente para evitar acidentes. EFE jaf/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG