A Universidade de Montreal concedeu nesta segunda-feira o título de doutor honoris causa ao cantor francês Charles Aznavour em reconhecimento a sua contribuição excepcional à cultura francófona.

Diante de cerca de 300 pessoas, o autor, compositor e intérprete francês de origem armênia ficou comovido com a homenagem em um país onde disse "não se sentir estrangeiro".

A ministra da Cultura de Québec, Christine Pierre, felicitou o artista pela qualidade de seus textos e por "sua contribuição excepcional à influência da cultura francesa através do mundo".

str/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.