convocação de eleições em Honduras - Mundo - iG" /

Chanceleres da Unasul não reconhecerão convocação de eleições em Honduras

Quito, 9 ago (EFE).- Os chanceleres dos países da União de Nações Sul-Americanas (Unasul) reafirmaram hoje, em sua III Reunião Extraordinária em Quito, que não reconhecerão nenhuma convocação de eleições por parte do Governo de fato de Honduras.

EFE |

Os ministros das Relações Exteriores da Unasul convocaram a comunidade internacional para "extremar os recursos necessários e adotar novas medidas a fim de assegurar o restabelecimento do presidente deposto Manuel Zelaya no exercício pleno de suas funções", informou a Chancelaria do Equador em comunicado.

Adicionalmente, os ministros pediram "a restauração pacífica da democracia" no país centro-americano, "no âmbito da reconciliação nacional e da paz, com irrestrita solidariedade com o povo hondurenho".

Os chanceleres anunciaram também que respaldarão a missão do secretário-geral José Miguel Insulza, e dos chanceleres da Organização dos Estados Americanos (OEA).

Desse modo, os chanceleres ratificam "seu compromisso com a democracia como único sistema para resolver os desafios e trazer mais esperança e oportunidades". EFE ic/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG