Chanceler uruguaio comemora libertação de reféns das Farc

Montevidéu - O ministro de Assuntos Exteriores uruguaio, Gonzalo Fernández, comemorou o resgate de um grupo de reféns seqüestrados pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), segundo declarações publicadas hoje na imprensa.

EFE |

Entre os libertados ontem na operação do Exército colombiano estava a ex-candidata presidencial Ingrid Betancourt, refém há mais de seis anos, assim como três americanos, e onze militares e policiais.

"Fico feliz que estas pessoas tenham recuperado sua liberdade. A libertação dos reféns tinha sido o desejo de praticamente todos os países", afirmou o chanceler uruguaio.

Fernández deu estas declarações nesta quarta-feira a um veículo de comunicação uruguaio, remetendo a um próximo comunicado que será feito pelo próprio chanceler e pelo presidente do Uruguai, Tabaré Vázquez.

"A libertação foi pacífica, e o que devemos fazer é comemorar a libertação desta gente", acrescentou.

Segundo Fernández, agora deverá analisar com Vázquez os termos "da declaração ou comunicação" do Governo uruguaio dirigido à Administração colombiana sobre esta libertação de reféns.

Entenda

Saiba mais sobre Ingrid

O Resgate

Imagens

Repercussão

Opinião

Leia também:

    Leia tudo sobre: uruguai

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG