Damasco, 19 jul (EFE) - O ministro de Assuntos Exteriores sírio, Walid al-Moualem, viajará para Beirute na segunda-feira para entregar ao presidente do Líbano, Michel Suleiman, um convite do chefe de Estado sírio, Bashar al-Assad, para que visite o país.

A imprensa libanesa destacou que Moualem viajará para Beirute pouco depois do anúncio de que Líbano e Síria estabelecerão relações diplomáticas e abrirão embaixadas nas respectivas capitais, pela primeira vez desde sua independência, há mais de 60 anos.

Se Suleiman viajar à Síria, será a primeira vez que um presidente do Líbano visita o país nos últimos três anos.

Síria e Líbano nunca tiveram relações diplomáticas, porque o regime de Damasco, sob o lema de "um povo, dois países", nunca chegou a reconhecer o Líbano e muitos no país dos Cedros vêem nesta atitude uma vontade de anexar o Estado vizinho.

Há muito tempo, os líderes libaneses pediram o estabelecimento de relações diplomáticas, assim como a delimitação das fronteiras. EFE gb/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.