caso Betancourt - Mundo - iG" /

Chanceler francês visita Equador para tratar do caso Betancourt

A visita ao Equador do chanceler francês, Bernard Kouchner, reanimou as gestões para a libertação de Ingrid Betancourt e demais reféns das Farc, com um pedido aos guerrilheiros para que a entreguem, devido à sua precária condição de saúde, disse o ministro de Segurança Gustavo Larrea à AFP.

AFP |

Larrea se reuniu com Kouchner, nesta terça, por quase uma hora, como parte da viagem que começou por Bogotá e que termina amanhã na Venezuela, onde conversará sobre o tema com o presidente Hugo Chávez.

Esta visita "abre um canal político de vontade" em favor da "libertação dos seqüestrados; de exigência, de pedido por essa libertação. Esse é o canal que se abre, agora, um canal real para a libertação é um passo posterior", comentou o ministro, ao final do encontro.

Betancourt está em poder das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) desde 23 de fevereiro de 2002. A ex-candidata presidencial colombiana integra um grupo de 39 reféns que as Farc propõem trocar por 500 guerrilheiros presos.

vel/tt/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG