Chanceler finlandês pede demissão após mandar mensagens eróticas a dançarina

O chefe da diplomacia finlandesa, Ilkka Kanerva, foi obrigado a pedir demissão depois de ter bombardeado com mensagens de texto de caráter sexual uma dançarina de strip-tease, informaram fontes de seu partido.

AFP |

Questionado pela AFP se Kanerva havia sido demitido, uma fonte do Partido da Coalizão Nacional disse: "Não se demitiu por conta própria. Você pode tirar suas próprias conclusões". Pouco depois, após uma reunião do partido, Alexander Stubb, de 40 anos e eurodeputado desde 2004, foi nomeado como novo chanceler.

AFP
A dançarina recebeu mensagens eróticas
A dançarina mora nos EUA

Depois de ter negado as informações publicadas pela imprensa sobre sua obsessão por uma dançarina erótica, o ministro conservador confessou os fatos no dia 10 de março, à margem de uma reunião da União Européia em Bruxelas.

De acordo com Johanna Tukiainen, uma striper de 29 anos que vive nos Estados Unidos, Kanerva, de 60 anos, enviou entre 150 e 200 mensagens de texto desde um encontro entre ambos, em janeiro.

A revista sensacionalista "Hymy" publicou na edição desta terça-feira 24 destas mensagens, que vão desde um tom sugestivo até o sexual.

Esta não é a primeira vez que Kanerva se encontra no olho do furacão por um caso do tipo. Há três anos, este pai de família foi alvo da empresa por ter enviado SMS explícitas a jovens modelos.

Leia mais sobre: Finlândia

    Leia tudo sobre: finlandiafinlândia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG