Chanceler de Israel descarta qualquer negociação com a Síria

Israel se nega a negociar a paz com a Síria, pois esse país apóia organizações terroristas, afirmou o ministro israelense das Relações Exteriores, o ultradireitista Avigdor Lieberman, em entrevista publicada neste sábado pelo jornal alemão Berliner Zeitung.

AFP |

"Devemos ver a realidade. Até agora, a Síria abriga o quartel general de organizações terroristas como o Hamas (movimento islamita palestino que controla a Faixa de Gaza desde junho de 2007) e a Jihad", declarou Lieberman a este jornal alemão.

"A Síria apóia o Hezbollah e seu tráfico de armas com o sul do Líbano. A Síria apóia o programa nuclear iraniano. Por isso, não posso ver na Síria um sócio real para um acordo de paz", disse Lieberman.

Sobre o conflito entre israelenses e palestinos, o ministro destacou que "o processo político não é a única chave para uma solução de paz duradoura".

"Em uma primeira etapa, é necessário conseguir a segurança, a prosperidade dos palestinos e a estabilidade e, depois, poderemos alcançar uma solução política", comentou Lieberman.

ab/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG