Chanceler da Colômbia renuncia; ex-colega de Uribe o substitui

BOGOTÁ (Reuters) - O chanceler da Colômbia, Fernando Araújo, renunciou ao cargo na quarta-feira e será substituído por Jaime Bermúdez, ex-embaixador do país na Argentina, considerado o mentor da imagem pública do presidente Alvaro Uribe. Em junho, Uribe já havia substituído seu ministro de Interior e Justiça, Carlos Holguín, por Fabio Valencia.

Reuters |

Em nota, Araújo, que estava no cargo desde o final de fevereiro de 2007, agradeceu Uribe pela oportunidade de 'contribuir para a implementação da sua política de Segurança Democrática e, por meio dela, para a transformação do país, para o bem de todos os colombianos'.

Araújo, que esteve seis anos como refém da guerrilha Farc, alegou motivos pessoais para deixar o governo e disse que agora se dedicará a atividades particulares e familiares.

O novo chanceler, que toma posse na quinta-feira, é uma das pessoas mais próximas de Uribe, com quem estudou em Oxford. Ele foi assessor de comunicação das duas campanhas de Uribe à presidência e durante o primeiro mandato, razão pela qual é considerado o arquiteto da imagem do presidente e um dos responsáveis por sua expressiva popularidade.

(Reportagem de Luis Jaime Acosta)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG