Chanceler colombiano se reunirá com Hillary para falar do acordo militar

O chanceler colombiano, Jaime Bermúdez, realizará nesta terça-feira uma reunião com a secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, para tratar do acordo militar que gerou controvérsia na região, afirmou um porta-voz do Departamento de Estado, Philip Crowley.

AFP |

"A secretária (Hillary) e o ministro das Relações Exteriores Bermúdez se reunirão amanhã (terça-feira). E creio que terão mais coisas a dizer sobre o acordo bilateral", disse o porta-voz em uma entrevista coletiva à imprensa.

"Temos falado e continuaremos falando com outros governos sobre a natureza deste acordo. Creio que o governo colombiano continuará fazendo o mesmo", acrescentou.

O acordo tem como objetivo reforçar a cooperação em matéria de luta contra as drogas e contra o terrorismo, insistiu Crowley.

O acordo, fortemente criticado pelo líder venezuelano Hugo Chávez, contempla a utilização pelos Estados Unidos de várias instalações militares colombianas para servir de base às operações de combate ao cultivo e ao comércio de drogas que estavam sendo efetuadas, até um mês atrás, a partir da base de Manta, no Equador.

Leia mais sobre bases na Colômbia

    Leia tudo sobre: basechávezcolômbia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG