Chanceler colombiano diz que Uribe e Chávez devem se reunir em julho

Lima, 16 jun (EFE).- Os presidentes da Colômbia, Álvaro Uribe, e da Venezuela, Hugo Chávez, devem se reunir no próximo mês, disse hoje em Lima o ministro de Relações Exteriores colombiano, Fernando Araújo, ao confirmar que ambas as chancelarias trabalham para agendar o encontro.

EFE |

Araújo explicou que o encontro terá "como finalidade revisar toda a agenda dos dois países" e retomar os assuntos que vinham trabalhando no mesmo período do ano passado.

Os líderes também devem trabalhar em medidas bilaterais para melhorar o comércio, a integração e a cooperação em todos os campos.

O chanceler colombiano, que não detalhou nem lugar nem data exatas para a reunião entre Uribe e Chávez, fez as declarações aos jornalistas no início da reunião de chanceleres e secretários de Comércio Exterior da Comunidade Andina (CAN), em Lima.

As difíceis relações entre Bogotá e Caracas entraram em crise em março, quando Chávez retirou seu embaixador de Bogotá, em protesto contra uma operação militar colombiana contra um acampamento da guerrilha das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) no Equador.

Durante a recente Assembléia Geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), realizada na cidade colombiana de Medellín, o chanceler da Venezuela, Nicolás Maduro, disse que Caracas voltaria a nomear um embaixador na Colômbia. EFE watt/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG