Pequim, 31 ago (EFE).- O ministro de Assuntos Exteriores colombiano, Jaime Bermúdez, adiou hoje sua agenda oficial em seu primeiro dia de visita à China, já que se encontra em observação médica por ter estado em contato com o presidente colombiano Álvaro Uribe, contagiado com o vírus da gripe A.

Bermúdez, que está na Embaixada da Colômbia em Pequim, "depende dos resultados médicos para poder retomar a agenda", destacaram à Agência Efe fontes de imprensa na delegação, que asseguraram que o chanceler está "cansado, mas bem".

O ministro chegou hoje à capital chinesa por volta das 5h30 hora local (18h30 de Brasília do domingo), e foi ali onde soube da notícia do contágio do presidente, com quem compartilhou o avião ao retornar da cúpula da Unasul em Bariloche (Argentina).

Em seguida, a Chancelaria colombiana informou ao Governo chinês, como pedem as autoridades chinesas, de seu recente contato com um doente de gripe A, por isso que um médico visitou a Embaixada para examinar Bermúdez e fazer um teste análise.

O chefe da diplomacia colombiana dependente do diagnóstico para ver se pode prosseguir a viagem oficial, algo que se espera seja questão de uma ou duas horas. EFE abc/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.