O ministro chinês das Relações Exteriores, Yang Jiechi, visitará Brasil e Portugal após seu tradicional giro de início de ano, que incluirá Uganda, Ruanda, Malawi e África do Sul, informou sexta-feira o ministério.

Yang realizará suas visitas de 13 a 21 de janeiro, anunciou a chancelaria chinesa em um comunicado publicado em seu site, sem dar detalhes sobre as datas.

Tradicionalmente, o chefe da diplomacia chinesa visita o continente africano para inaugurar suas viagens ao estrangeiro.

Apesar de a China comunista manter relações políticas com alguns países africanos há muito tempo, sua presença no continente aumentou nos últimos anos, em busca de novos mercados e de matérias-primas necessárias para sua economia, em forte expansão.

frb/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.