Chanceler chileno confirma reunião da Unasul para 28 de agosto

Santiago do Chile, 19 ago (EFE).- O ministro das Relações Exteriores chileno, Mariano Fernández, confirmou hoje que os presidentes dos países-membros da União de Nações Sul-americanas (Unasul) se reunirão no dia 28 de agosto na cidade argentina de Bariloche.

EFE |

"O que queremos é integrar os Estados e não gerar tensões nem ventos de guerra, e por isso estamos muito contentes com que os países tenham aceitado participar, com isto podemos criar um ânimo mais relaxado na região", afirmou Fernández nesta quarta-feira.

O ministro das Relações Exteriores do Chile manifestou sua confiança no encontro.

"Vamos participar ativamente como fizemos, já não como Secretaria temporária da Unasul, mas como membros, com a influente opinião da presidente (Michelle) Bachelet no concerto sul-americano", ressaltou.

Sobre as relações que o Governo do Chile tem com o Estado boliviano, Fernández destacou as negociações sobre a utilização das águas do rio Silala e o acordo de 13 pontos que Evo Morales e Michelle Bachelet pactuaram em 2006.

Em relação a Honduras, o ministro reiterou o apoio dos Governos latino-americanos ao papel da Organização dos Estados Americanos (OEA), de seu secretário-geral, José Miguel Insulza, e da recuperação da democracia nesse país.

"Nem a organização nem os países aceitarão nenhuma eleição se não houver restabelecimento constitucional prévio", ressaltou o chefe da diplomacia chilena. EFE ng/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG