Chancelaria russa confirma retirada de tropas do oeste da Geórgia

Moscou, 13 set (EFE).- A Chancelaria russa confirmou hoje a retirada de todas as suas tropas de paz do oeste da Geórgia, em cumprimento a um dos principais pontos do acordo assinado esta semana com a União Européia (UE).

EFE |

"As tropas de paz russas deixaram seus postos na linha Poti-Senaki e abandonaram o território da Geórgia. Fizeram isso dois dias antes do prazo estabelecido durante as conversas entre (o presidente russo) Dmitri Medvedev e (seu colega francês) Nicolas Sarkozy", destaca um comunicado da Chancelaria russa.

A nota indica que "a parte russa espera que, sobretudo, a parte georgiana e também a União Européia (UE) cumpram os acordos com a mesma firmeza e boa vontade".

"Trata-se, em primeiro lugar, das garantias dadas pela UE sobre a renúncia ao uso da força por parte da Geórgia contra a Abkházia e a Ossétia do Sul, e do retorno de todas as forças georgianas ao local em que se encontravam até 1º de outubro", ressaltou.

A Chancelaria também fez referência ao "desdobramento a tempo de observadores internacionais nas regiões da Geórgia adjacentes à Abkházia e à Ossétia do Sul, o que também permitirá a retirada das tropas de paz russas dessas regiões no prazo de dez dias".

Segundo informou hoje à Agência Efe o tenente-prefeito do estratégico porto de Poti (Mar Negro), os soldados russos desmontaram hoje os dois postos de controle que tinham instalados nos acessos a essa cidade portuária, e, em seguida, arriaram a bandeira russa.

Os russos também desmontaram outros três postos de observação em Teklati e Pirveli, localidades próximas à cidade de Senaki. EFE io/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG