Chancelaria da Venezuela desmente fechamento de consulado nos EUA

Caracas, 10 nov (EFE).- A Chancelaria da Venezuela desmentiu hoje a expulsão de seu pessoal diplomático e o fechamento de seu consulado na cidade americana de Houston, como informaram no último fim de semana vários veículos de comunicação nacionais.

EFE |

As informações que circularam sobre o assunto são "equivocadas" e interpretam de forma equivocada dificuldades de "ordem estritamente administrativa" que já foram "superadas pela via diplomática em conversas entre os dois Governos", disse a Chancelaria em comunicado.

"O Governo venezuelano fez uma convocação à prudência no manejo e na circulação de informações desta natureza", acrescentou.

O rumor, atribuído a um funcionário não identificado do Departamento de Estado, afirmou que a suposta ação foi produto da mudança dos escritórios consulares venezuelanos sem o respectivo conhecimento e autorização do Governo de Washington.

A Venezuela e os EUA têm pendente a normalização de suas as relações diplomáticas, depois de em setembro o presidente venezuelano, Hugo Chávez, expulsar o embaixador americano, Patrick Duddy, em solidariedade com uma medida similar adotada previamente pela Bolívia, segundo foi informado então. EFE ar/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG