Chade: insurgentes atacam por ordem do Sudão

O governo do Chade acusou guerrilheiros de terem atacado nesta terça-feira a cidade de Ade, no extremo leste do país, por ordem do regime sudanês e em violação ao acordo de paz assinado há menos de 20 dias por Chade e Sudão em Dacar.

AFP |

"Nesta terça-feira 1º abril de 2008 às 6H40, em violação aos diversos acordos assinados, fundamentalmente o de Dacar, os mercenários cruzaram a fronteira por ordem do regime sudanês para atacar a cidade de Ade", acusa o ministério chadiano da Defesa em um comunicado.

"As forças governamentais expulsaram o inimigo, que está em plena debandada", acrescenta a nota.

O Chade pediu a intervenção dos países mediadores, sobretudo Senegal, Congo e Líbia.

A Aliança Nacional (AN), que reúne a maior parte dos grupos insurgentes chadianos hostis ao presidente Idriss Deby Itno, anunciou mais cedo ter sido atacado por forças oficiais.

ff/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG