Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Chade fecha fronteira com Sudão e suspende relações econômicas

O governo do Chade decidiu, nesta segunda-feira, fechar a fronteira com o Sudão e suspender suas relações econômicas e culturais com esse país, depois que Cartum anunciou, no domingo, a ruptura das relações diplomáticas, de acordo com uma fonte oficial em Ndjamena.

AFP |

A decisão foi tomada depois da reunião extraordinária do Conselho de Ministros "para garantir a segurança de seu território e de seus cidadãos, proteger os interesses econômicos e culturais e se resguardar, diante de qualquer surpresa", segundo a nota divulgada pelo governo após o Conselho, do qual participou o presidente Idriss Deby Itno.

O governo chadiano se decidiu pelo "fechamento hermético da fronteira (com o Sudão, ao leste do país), com o objetivo de evitar qualquer infiltração e movimentação suspeita", acrescentou o texto.

No domingo, o Sudão rompeu suas relações diplomáticas com o Chade, após acusar Ndjamena de ter apoiado, no dia anterior, um ataque dos rebeldes do Movimento pela Justiça e pela Igualdade (JEM), o grupo militar mais potente dos rebeldes de Darfur, província no oeste do Sudão, em plena guerra civil.

O Chade desmentiu "qualquer implicação" nesse ataque rebelde.

aak-mjp/tt

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG