Cerca de 300 mil pessoas deslocadas pelo terremoto de Java

Jacarta, 9 set (EFE).- Pelo menos 285.

EFE |

808 pessoas se viram forçadas a abandonar seus lares após o terremoto de 7,4 graus na escala Richter na semana passada na ilha de Java, sudoeste da Indonésia, indicaram hoje as autoridades.

O Ministério da Saúde e várias ONGs estão distribuindo mais de 25 toneladas de remédios e artigos de sobrevivência entre os desabrigados e se estendem os casos de diarréia e doenças cutâneas.

Segundo a Agência Nacional de Desastres, 79 pessoas morreram e mais de 30 ainda estão desaparecidas, enquanto o número de feridos passa de mil.

Está previsto que hoje sejam concluídos os trabalhos de resgate, que se centram na aldeia de Cikang Kareng e em um povoado próximo à localidade de Garut, que ficaram sepultados sob toneladas de rochas após deslizamentos de terra provocados pelo tremor.

O Governo estima que a reconstrução das 55.417 casas seriamente danificadas e das 116.047 ligeiramente afetadas custará ao redor de 1,5 trilhões de rúpias (US$148 milhões ou 103 milhões de euros).

O terremoto aconteceu na quarta-feira da semana passada, com o epicentro próximo à costa meridional de Java, e desde então se registraram várias réplicas na zona e outros sismos no país.

Indonésia está localizada sobre o chamado "Anel de Fogo do Pacífico", uma zona com grande atividade sísmica e vulcânica que é sacudida por cerca de 7 mil tremores ao ano, a maioria moderados.

EFE jpm/fk

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG