Jerusalém, 4 set (EFE).- Cerca de 200 palestinos armados com enxadas e machados incendiaram hoje várias estruturas de um enclave judaico na Cisjordânia em um incidente no qual não foram registradas vítimas, informaram meios de imprensa locais.

Os fatos aconteceram no enclave de Nofe Yarden, no norte da Cisjordânia, um assentamento ilegal para o Governo de Israel que em teoria deve ser evacuado nos próximos meses.

Testemunhas disseram à edição eletrônica do jornal "Ha'aretz" que os palestinos foram afastados do local após vários jovens colonos alertarem a Polícia, não sem que antes sua presença suscitasse confrontos entre os dois grupos.

Também foram registrados confrontos hoje entre manifestantes palestinos e forças israelenses nos povoados cisjordanianos de Bilin e Naalin, junto à cerca de segurança que Israel constrói na Cisjordânia.

Fontes palestinas informaram que dois fotógrafos de imprensa, um israelense e outro palestino, ficaram feridos nas manifestações, nas quais os soldados israelenses dispararam primeiro com balas de borracha e depois com fogo real, segundo testemunhas. EFE elb/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.