Onda de violência atinge imigrantes na África do Sul" / Onda de violência atinge imigrantes na África do Sul" /

Cerca de 13 mil pessoas estão desabrigadas devido à violência xenófoba na África do Sul

A escalada de violência na África do Sul, principalmente dirigida contra os imigrantes, obrigou 13 mil pessoas a abandonar suas casas para se refugiar em igrejas e centros sociais, anunciou nesta terça-feira a Organização Internacional para as Migrações (OIM). New York Times: http://ultimosegundo.ig.com.br/new_york_times/2008/05/20/onda_de_violencia_atinge_imigrantes_na_africa_do_sul_1319141.htmlOnda de violência atinge imigrantes na África do Sul

AFP |

"Treze mil pessoas tiveram que abandonar suas casas para se refugiar em igrejas e centros paroquiais, a maior parte deles sem seus pertences", declarou à AFP o porta-voz da OIM, Jean-Philippe Chauzy.

AFP
Distúrbios na África do Sul já duram uma semana
Ataques xenófobos já mataram 24 pessoas
"As organizações humanitárias, entre elas a Cruz Vermelha sul-africana, distribuirão na quarta-feira kits que contêm roupas e produtos de higiene", disse o porta-voz.

Mais de vinte pessoas foram assassinadas em uma semana nos bairros de chabolas e nos antigos guetos de Johannesburgo, em uma onda de violência xenófoba.

A OIM deverá difundir mensagens contra os atos violentos através de emissoras de rádio regionais da África do Sul.

Segundo a OIM, entre dois e cinco milhões de imigrantes procedentes do restante do continente vivem na África do Sul e a maioria trabalha no setor informal.

Entre eles, um milhão vêm do Zimbábue, onde a crise política suscitou a fuga de milhares de pessoas do país.

    Leia tudo sobre: áfrica do sul

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG