Centros eleitorais são abertos na Irlanda para votação de Tratado de Lisboa

Dublin - Os centros eleitorais da Irlanda abriram às 7h no horário local (3h de Brasília) de hoje para a realização do plebiscito sobre o Tratado de Lisboa, fundamental para a reforma das instituições de governo da União Européia (UE).

EFE |

Os centros de votação permanecerão abertos durante 15 horas, até as 22 no horário local (18h de Brasília), ao tempo que a apuração dos votos começará no dia seguinte, às 9h no horário local (5h de Brasília).

Segundo fontes oficiais, espera-se que o governo irlandês anuncie o resultado final do plebiscito na tarde de sexta-feira.

Pouco mais de três milhões de irlandeses, repartidos em 42 circunscrições, foram convocados às urnas, em uma jornada na qual o índice de participação determinará em grande medida o resultado final da consulta popular.

O governo e seus aliados durante a campanha do plebiscito -os principais partidos da oposição, a maioria dos sindicatos e patronais, entre outros-, acreditam que o eleitorado comparecerá em massa à votação.

Segundo os analistas, um alto índice de abstenção beneficiaria, em princípio, os detratores do documento -representados pelo Sinn Féin e por grupos pacifistas, esquerdistas e ultraconservadores- já que estes provêm de associações minoritárias que, normalmente, mobilizam grande parte de seu eleitorado.

As últimas pesquisas também indicam que as diferenças entre o "sim" e o "não" são muito estreitas para permitir algum tipo de previsão.

Leia mais sobre: Tratado de Lisboa

    Leia tudo sobre: irlandatratado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG