Centros de votação fecham suas portas no Curdistão iraquiano

Os colégios eleitorais fecharam neste sábado às 19H00 (13H00 de Brasília) na região autônoma do Curdistão, que elegia seu presidente e seu Parlamento, anunciou a Comissão Eleitoral iraquiana.

AFP |

A votação devia ser encerrada às 18H00 (12H00 de Brasília), mas foi prorrogada em uma hora porque vários eleitores não encontraram seus nomes nas listas eleitorais, destacou a Comissão.

Cerca de 2,5 milhões de eleitores foram convocados às urnas para escolher o presidente do Curdistão, eleito pela primeira vez no sufrágio universal, e os 111 deputados do Parlamento.

Massoud Barzani, atual presidente curdo e líder do Partido Democrático do Curdistão (PDK), concorreu com outros quatro candidatos à eleição presidencial, e 24 listas, entre elas a do PDK e da União Patriótica do Curdistão (UPK) se enfrentaram na eleição legislativa.

str/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG