Centros beneficentes de Milão receberão caviar para o Natal

Roma, 20 dez (EFE).- A maior parte de uma carga ilegal de 40 quilos de caviar beluga apreendida pela Polícia será distribuída entre casas de idosos e outros centros beneficentes de Milão (Itália), para que os mais desfavorecidos possam provar esta iguaria no Natal.

EFE |

O jornal "Corriere della Sera" informa hoje que o caviar contrabandeado, procedente de Varsóvia, foi encontrado no final de novembro, no frigorífico de uma casa de Milão.

"As análises confirmaram que o caviar era perfeitamente comestível, mas que não poderia ser conservado durante muito tempo, por isso pensamos em dar um presente de Natal para quem não pode ter caviar", disse ao jornal o inspetor da Polícia italiana Juri Mantegazza, que teve a altruísta idéia.

"Tudo o que é dado é bem aceito, mas a maior parte de nossos hóspedes não sabe sequer o que são essas bolinhas pretas", diz Virginio Colmegna, responsável de uma casa de repouso de Milão, ao jornal.

"Vamos dizer, de qualquer forma, obrigado sem dar muita ênfase ao ocorrido. Basta lembrar que os pobres têm necessidade de direitos e de dignidade, mais do que de algum tipo de luxo", afirma Colmegna.

O presidente da ONG Caritas em Milão, Roberto Davanzo, diz que o importante é que estas iniciativas "não se transformem em uma espécie de anúncio ou em algo com o que se pretenda limpar a consciência".

"Não podemos fantasiar que resolvemo a pobreza", diz Davanzo, porque, lembra, "é preciso um compromisso que abranja os 365 dias do ano". EFE mcs/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG