Central de energia elétrica em Gaza fechará amanhã por falta de combustível

Gaza, 22 abr (EFE).- A única central de energia elétrica da Faixa de Gaza parará de funcionar amanhã devido à falta de combustível originada pelo bloqueio israelense, advertiu hoje o subdiretor da Autoridade de Energia palestina, Kanan Obaid.

EFE |

"Amanhã à tarde, acabará o diesel industrial acumulado e a atividade da central parará", disse Obaid, que afirmou que "o desabastecimento total de eletricidade na Faixa de Gaza será de 35%, enquanto na Cidade de Gaza será de 50%".

Um deputado palestino independente que lidera a campanha contra o bloqueio israelense à Faixa de Gaza lembrou que, "há treze dias, Israel bloqueou o fornecimento de qualquer tipo de combustível" a este território, "incluindo o combustível derivado do petróleo para a central de eletricidade".

Em 9 de abril, Israel estreitou o cerco a Gaza, que tem 1,5 milhão de habitantes, depois que milicianos palestinos mataram dois civis israelenses na passagem fronteiriça de Nahal Oz, terminal por onde se canaliza o combustível ao território palestino.

Até essa data, as autoridades israelenses permitiam de forma limitada que entrassem na Faixa de Gaza cargas de combustível para a estação de eletricidade, assim como gás para cozinhar.

O bloqueio israelense começou em junho de 2007, depois que o movimento islâmico Hamas tomou o controle da Faixa de Gaza após enfrentar as forças leais ao presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP) e líder do movimento nacionalista Fatah, Mahmoud Abbas. EFE sar/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG