TEERÃ - Centenas de pessoas se despediram nesta quinta-feira em Teerã de Abdel Aziz al-Hakim, um dos principais líderes políticos xiitas do Iraque, morto nesta quarta-feira na capital iraniana vítima de um câncer no pulmão.

Pouco depois das 9h (1h30, Brasília), uma grande comitiva acompanhou o caixão até a Embaixada do Iraque em Teerã, onde foi envolto a uma bandeira iraquiana e adornado com flores e fotos do político.


Corpo de Hakim foi levado à embaixada do Iraque / Reuters

A cerimônia teve a presença do presidente do Parlamento iraniano, Ali Larijani, seu irmão e do atual chefe do Poder Judiciário, aiatolá Sadeq Larijani, e do ministro de Assuntos Exteriores, Manouchehr Mottaki.

O presidente da Câmara, citado pela agência de notícias local "Irna", louvou o papel desempenhado por Hakim e sua família na derrubada do presidente iraquiano Saddam Hussein e na retomada da estabilidade no Iraque.

Segundo a agência estatal iraniana, está previsto que o corpo do clérigo iraquiano seja levado ainda hoje à cidade santa xiita de Qom, no Iraque.

O líder do partido xiita Assembléia Suprema Islâmica do Iraque morreu nesta quarta, aos 56 anos, na capital iraniana.

O clérigo era também líder do maior grupo parlamentar iraquiano, a Aliança Iraquiana Unida, substituída há dois dias por uma nova coalizão de partidos chamada Coalizão Nacional Iraquiano.

A Assembléia Suprema Islâmica é um dos pilares dessa nova plataforma política.

* Com EFE

Leia mais sobre xiitas do Iraque

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.