Centenas protestam em Cabul para denunciar morte de civis por tropas da Otan

Cabul, 1 set (EFE).- Centenas de pessoas protestaram hoje no leste de Cabul para denunciar a morte de três civis, entre eles duas crianças, em uma batida das tropas internacionais.

EFE |

"Morte aos americanos" e "Morte a (Hamid) Karzai", o presidente afegão, eram algumas das palavras de ordem pronunciadas pelos manifestantes, que bloquearam uma estrada que fica em Hudkhel, localidade na qual ficam várias bases da Otan.

Um policial que estava na área do protesto, Ahmad Bari, afirmou à Agência Efe que tropas da Otan realizaram uma batida na madrugada passada na casa de um aldeão, a quem mataram junto com dois de seus filhos, que tinham um e dois anos.

Um dos manifestantes, Moula Dad, afirmou que os soldados americanos é que foram os responsáveis pela morte dos civis e acrescentou que a mulher do aldeão também ficou ferida e morreu depois no hospital, informação que a fonte policial não confirmou.

Dad acrescentou que os soldados americanos prenderam outros três membros da mesma família. EFE lo/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG