Centenas de uigures armados enfrentam a polícia chinesa

Centenas de uigures, com armas improvisadas, protestaram nesta quarta-feira em um bairro muçulmano de Urumqi, capital da região autônoma de Xinjiang, contra a polícia.

AFP |

A manifestação aconteceu no quarto dia de tensão na capital de Xinjiang entre uigures, etnia majoritária na região, e hans, etnia majoritária na China, que deixou 156 mortos no domingo.

Os uigures se reuniram para protestar contra a violência de terça-feira dos hans contra membros de sua comunidade.

O número de manifestantes aumentou quando helicópteros lançaram panfletos sobre o bairro que afirmam que Rebiya Kadeer, líder dos exilados uigures nos Estados Unidos, estimulou a violência de domingo.

Os manifestantes estavam armados com facas, tubos de metal e pedras.

O governo da China mobilizou milhares de policiais e soldados em Urumqi para tentar evitar novos atos de violência.

Os oficiais cercaram os bairros uigures da cidade, com o objetivo de separar uigures e hans.

dma-sai-jg/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG