ROMA (Reuters) - As autoridades italianas retiraram centenas de pessoas de suas casas depois que um terremoto de 4,2 de magnitude atingiu a região da Umbria, no centro da Itália, na terça-feira, provocando danos leves a prédios, mas nenhum ferido. A agência de proteção civil disse que o tremor foi mais forte ao redor da cidade de Perugia.

Na comuna de Marsciano, agentes da proteção civil retiraram cerca de 500 moradores depois que os antigos prédios onde moravam foram danificados pelo tremor. Eles serão abrigados em um ginásio enquanto a extensão dos danos é investigada.

Em abril um forte terremoto atingiu a região de Abruzzo, no centro da Itália, matando cerca de 300 pessoas e deixando milhares desabrigadas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.