Censo revela hispânicos à frente de explosão populacional de minorias nos EUA

A população dos Estados Unidos apresenta uma diversidade étnica cada vez maior, e os hispânicos - que ultrapassaram os afrodescendentes como mais numeroso grupo minoritário do país - lideram a explosão populacional registrada pelas minorias, informou nesta quinta-feira o serviço nacional de recenseamento.

AFP |

As minorias representavam 34% da população americana em julho de 2008, num total de 104,6 milhões de pessoas, segundo o centro de estatísticas americano, que neste momento prepara um censo, realizado a cada 10 anos, para 2010.

Para as minorias como um todo, isso representou um aumento de mais de 2% em relação ao ano anterior. Os hispânicos, por sua vez, cresceram 3,2% em relação a 2007, chegando a 47 milhões de pessoas, o que significa dizer que um em cada seis cidadãos americanos tem origem hispânica.

Mas o maior crescimento foi verificado entre pessoas "mistas", ou seja, aquelas que se identificam como de duas ou mais raças, com um crescimento de 3,4% em relação ao ano passado, chegando a 5,2 milhões de pessoas.

As estimativas concluíram também que cerca da metade (47%) das crianças menores de cinco anos dos Estados Unidos pertenciam a alguma minoria em 2008, sendo 25% delas hispânicas. Entre as crianças e jovens menores de 18 anos, 44% eram de minorias, 22% deles hispânicos.

Outro dado revela que a população hispânica é muito mais jovem que a população total, com uma média de idade de 27,7 anos em 2008, contra os 36,8 anos registrados pela população total dos Estados Unidos.

Em quatro estados do país e na capital, Washington D.C, as minorias são maioria desde 2008, segundo dados do censo. No Havaí, 54% da população é composta por asiáticos. Junto com os negros, hispânicos e indígenas americanos, as minorias representam 75% da população da ilha.

Outros estados onde as minorias são maioria são a Califórnia e o Novo México, onde diferentes grupos representam 58% da população, e o Texas, com 53%.

No Distrito de Columbia, 67% da população é composta por minorias, enquanto mais da metade dos habitantes da capital americana (56%) é formada por negros, a mais alta porcentagem do país.

Quase 10% dos 3.142 condados dos Estados Unidos registram uma população formada majoritariamente por representantes das minorias.

O exemplo mais extremo é o condado de Starr, na fronteira do Texas com o México, onde 98% dos habitantes pertence a uma minoria; todos, menos 1%, são hispânicos.

kdz/ap/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG