Recenseadores podem levar dias para entrevistar a família inteira

Moscou - Os recenseadores do censo nacional da Rússia encontraram uma família na Sibéria com mais de 100 membros. O patriarca da família, de 75 anos, morador da aldeia de Bungur, chama-se Alexei Shapoval. Ele tem 11 filhos, duas filhas, 108 netos e oito bisnetos, informou hoje a agência "Interfax". "Todos os filhos vivem em Bungur e no distrito de Kuibyshev. Um tem 15 filhos, o outro dez e os demais, entre seis e sete. Uma filha vive em Abakan e tem 12 filhos. A outra vive em Washington, nos Estados Unidos, e tem dez", explicou a agência.

Segundo a "Interfax", 56 de seus netos estão na escola. Os demais já são adultos. Em novembro, a família celebrará dois casamentos: o de um neto e o de uma neta. Shapoval diz se sentir muito bem de saúde, embora não tão bem de memória. Por isso, ele tem um caderno onde anota todos os nomes e aniversários de seus netos e bisnetos.

O chefe da Agência de Estatísticas de Kemerovo - região onde fica Bungur -, Serguei Grigoriev, indicou que a entrevista com cada um pode levar entre minutos e horas. Isso significa que a família de Shapoval levará dias para ser toda entrevistada.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.