Celso Amorim desembarca em Teerã nesta segunda

Ministro brasileiro visita Irã para discutir questão nuclear e visita de Lula

AFP |

O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Celso Amorim, desembarcou nesta segunda-feira em Teerã, onde deve abordar a questão nuclear com as autoridades do Irã, informou a agência de notícias Fars.

O Brasil, que demonstra boa vontade com o discurso de Teerã, integra o Conselho de Segurança da ONU que em breve deve se pronunciar sobre novas sanções ao Irã, que os países ocidentais suspeitam de querer produzir armamento nuclear.

O porta-voz do ministério iraniano das Relações Exteriores, Ramin Mehmanparast, afirmou que Amorim se reunirá com o colega Manuchehr Mottaki, com o presidente do Parlamento Ali Larijani e com o principal negociador do país para a questão nuclear, Said Jalili.

AP
Mahmoud Ahmadinejad
Durante a visita de dois dias, o chanceler também terá uma reunião com o presidente iraniano Mahmud Ahmadinejad, antes da viagem a Teerã do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, programada para 16 e 17 de maio.

As reuniões sobre o tema nuclear devem abordar "os direitos do Irã de explorar suas competências científicas dentro das regras da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) e as últimas discussões sobre a obtenção pelo Irã de combustível nuclear, necessário para o reator de pesquisas de Teerã", afirmou Mehmanparast.

Atualmente, os países ocidentais tentam aprovar no Conselho de Segurança da ONU novas sanções contra o Irã, que em fevereiro começou a produzir urânio altamente enriquecido (20%), depois de ter rejeitado uma oferta de troca de combustível proposta pelas grandes potências, sob a mediação da AIEA.

O Brasil, que "não vê o Irã no caminho de construir uma bomba", segundo afirmou Amorim antes da visita, defende o diálogo com Teerã e o direito ao desenvolvimento de um programa nuclear pacífico.

    Leia tudo sobre: IrãMahmoud AhmadinejadCelso Amorim

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG