Celebridades homenageiam DJ AM

Washington, 29 ago (EFE).- Uma crescente lista de celebridades homenagearam hoje o artista Adam Goldstein, mais conhecido como DJ AM, encontrado morto em seu luxuoso apartamento em Nova York, na noite de sexta-feira, aparentemente por uma overdose.

EFE |

DJ AM morreu aos 36 anos, horas antes de se apresentar na discoteca Rain Nightclub, em Las Vegas.

As autoridades encontraram o corpo de DJ AM em sua cama, de bruços e com uma bolsa com crack, quase vazia.

Em comunicado, o proprietário da Rain Nightclub, George Maloof, disse estar "profundamente triste com a notícia da morte de DJ AM.

Era um amigo e um grande artista".

"Sentiremos saudades", acrescentou.

A morte de DJ AM", ex-namorado de Nicole Richie, filha adotiva do cantor Lionel Richie, aconteceu menos de um ano depois que o artista sobreviveu a um acidente aéreo, em setembro de 2008, junto com Travis Barker, ex-baterista do grupo Blink-182.

Os dois estavam voltando de um show gratuito que tinham feito em Columbia, no estado americano da Carolina do Sul, junto a outros artistas, para 10 mil pessoas.

Os investigadores que foram ao apartamento de DJ AM na sexta-feira, no luxuoso bairro nova-iorquino do SoHo, encontraram, além do crack, pelo menos sete frascos de remédios na cozinha, incluindo o tranquilizante Xanax, informou a imprensa local.

DJ AM tinha ia participar do reality show "Gone Too Far", da "MTV", no qual compartilharia suas lutas pessoais contra o vício às drogas. EFE mp/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG