Celebridades do cinema não querem perder a posse de Obama por nada

Os grandes nomes de Hollywood têm na terça-feira um compromisso que não querem perder por nada no mundo, muito mais importante que a cerimônia do Oscar ou a grande estréia de uma superprodução: a posse de Barak Obama como presidente dos Estados Unidos.

AFP |

Um número sem precedentes de figuras de Hollywood é esperado na cerimônia de posse do democrata na Casa Branca. Obama atrai os grandes nomes da indústria do entretenimento.

Não está muito claro ainda o que significa exatamente para as estrelas viajar à capital americana, mas várias delas foram convidadas oficialmente e outras tantas comparecerão por iniciativa própria.

Artistas do porte da "rainha do soul" Aretha Franklin se apresentarão na cerimônia preparada pela comissão de organização oficial deste evento histórico para os Estados Unidos.

No entanto, atores como Tom Hanks pretendem assistir o ato de juramento do primeiro presidente negro do país entre a multidão aguardada para acompanha a cerimônia nas ruas.

Além disso, é certo que pesos pesados que apoiaram Obama em sua campanha, como Oprah Winfrey, Bruce Springsteen e o líder da banda Blackeyed Peas, Will.i.am, assistirão aos festejos en Washington, assim como as cantoras Beyonce e Mary J. Blige.

A imprensa destaca inclusive que o "Boss" Springsteen pode cantar nas escadas do Lincoln Memorial no dia 18.

A comissão que organiza a posse confirmou uma "cerimônia de abertura" nesta data e neste local, mas não revelou se Springsteen tocará no evento.

A Coalizão Criativa, uma organização sem fins lucrativos fundada em 1989 para promover temas de importância pública, confirmou um elenco estelar para sua própria festa.

Elvis Costello e Sting tocarão juntos no evento, para o qual já confirmaram presença Spike Lee, Anne Hathaway, Tim Robbins, Susan Sarandon, Maggie Gyllenhaal, Peter Sarsgaard e Ron Howard.

A presença do homenageado, porém, o presidente eleito, não é esperada neste evento beneficente, cujos patrocinadores teriam oferecido mesas por 150.000 dólares.

A festa da Coalizão Criativa é um dos muitos jantares extraoficiais que acontecerão em Washington durante a semana de posse de Barak Obama, entre eles o "Legends Ball" e o "Urban Ball", que - com entradas a 650 dólares - oferecem uma festa com Chaka Khan, The Temptations, George Clinton, The Cheetah Girls, Lil Jon e T-Pain.

Outras celebridades que pretendem viajar à capital são Chris Rock, George Clooney, Angela Bassett, Patricia Arquette e Ed Harris.

Para os analistas, a grande presença de famosos em Washington reflete uma mudança na forma como a indústria do entretenimento se ajusta ao próximo presidente do país, ansiosa de ser associada a um político que projeta "carisma e boa vibração".

"Acredito que as celebridades estão dando mostras de querer associar sua imagem a Barack Obama", afirma à AFP Robert Thompson, professor de Comunicação da Universidade de Syracuse.

"Obama se expressa muito bem, é muito atraente, sua família é muito bonita, ele se veste muito bem. Ganha qualquer estrela".

"Qualquer celebridade é feliz de co-protagonizar o 'show' de Barack Obama. Mesmo aquelas que estão acostumadas com seus nomes sendo mais importantes que o título do filme, agora estão felizes de ser co-protagonistas com São Barack", conclui.

rcw/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG