CE propõe ajuda de 12,78 milhões de euros para Martinica e Guadalupe

Bruxelas, 10 set (EFE).- A Comissão Européia (CE, órgão executivo da União Européia) propôs hoje uma ajuda de 12,78 milhões de euros do Fundo Europeu de Solidariedade para atenuar as conseqüências do furacão Dean, que causou graves danos em Martinica e Guadalupe em agosto de 2007.

EFE |

A ajuda contribuirá para financiar os custos das medidas de emergência que foram tomadas, como a organização de equipes de resgate, a limpeza das áreas atingidas pelo desastre e a reconstrução de infra-estrutura básica, afirmou a CE, em comunicado.

A comissária de Política Regional da União Européia, Danuta Hübner, responsável também pelo Fundo Europeu de Solidariedade, afirmou que as regiões mais distantes da União Européia são freqüentemente "as mais vulneráveis perante os desastres naturais".

"Sabemos que Martinica e Guadalupe continuam atingidas pelos danos causados por 'Dean', especialmente nas casas e as plantações, e por isso o apoio financeiro da UE", acrescentou.

Em agosto de 2007, os departamentos franceses ultramarinos da Martinica e, em menor medida, Guadalupe, sofreram o impacto do furacão "Dean", que causou graves danos na infra-estrutura e na economia das ilhas. EFE rja/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG