CE pede libertação de voluntários europeus seqüestrados na Somália

Bruxelas, 5 nov (EFE) - O comissário europeu de Desenvolvimento e Ajuda Humanitária, Louis Michel, pediu hoje a libertação dos quatro voluntários europeus e dois pilotos quenianos que foram seqüestrados na Somália.

EFE |

O seqüestro ocorreu no aeroporto de Dhusa-Mareb, 400 quilômetros ao norte de Mogadíscio.

Os quatro voluntários trabalham na ONG Ação Contra a Fome, e os dois quenianos pilotavam um avião contratado pela Comissão Européia (CE).

"Peço aos seqüestradores que libertem estas pessoas sem demora", afirmou Michel em comunicado, no qual ressaltou que a ajuda que a CE e outras entidades recebem na Somália "se dedica unicamente a aliviar o sofrimento" dos necessitados.

Michel afirmou que "o único objetivo de nossa ajuda humanitária é salvar vidas e oferecer apoio de forma imparcial e não discriminatória". EFE rcf/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG