Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

CE e ONU dizem que eleição de Obama facilita acordo climático

Bruxelas, 6 nov (EFE).- A Comissão Européia (CE, órgão executivo da União Européia) e a ONU afirmaram hoje que a eleição de Barack Obama como presidente dos Estados Unidos é um sinal enormemente positivo para as negociações do acordo sobre mudança climática que substituirá o Protocolo de Kioto, que expira em 2012.

EFE |

"Estamos muito esperançosos", afirmou o vice-presidente da CE, Margot Wallström, na apresentação da iniciativa "Caminho para Copenhague", que busca para promover um acordo na conferência que será realizada em 2009 na capital dinamarquesa.

No entanto, Wallström reconheceu que é preciso ser "realista sobre as possibilidades de conseguir algo concreto em Poznan", cidade polonesa onde em dezembro acontecerá a Conferência das Nações Unidas sobre a Mudança Climática.

Wallström mostrou sua confiança de que a reunião permitirá pelo menos fixar um calendário e em que os EUA envie um sinal claro que "está disposto a negociar", o que estimularia China e Índia a fazer o mesmo.

A enviada especial da ONU para a Mudança Climática, Gro Harlem Brundland, destacou a importância de que Obama inclua o problema meio ambiental entre suas três prioridades políticas, junto aos conflitos de Iraque e Afeganistão e da crise financeira.

Para ela, não se deve perder a esperança porque "há mais motivos que havia há algumas semanas para ser otimista".

Os representantes da CE e da ONU foram acompanhados pela ex-primeira-ministra da Irlanda Mary Robinson e pela cantora islandesa Björk, que lidera uma campanha ecológica em seu país.

Robinson destacou o fato de que Obama é próximo ao ex-candidato à Casa Branca Al Gore e recebe assessoria de uma equipe que "entende a urgência de atuar". EFE mrn/rr

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG