CE destaca que com acordo assinado o trânsito de gás deve ser recuperado

Bruxelas, 11 jan (EFE).- O presidente da Comissão Européia (CE), José Manuel Durão Barroso, disse hoje que a assinatura de um acordo sobre a missão de observadores por parte da Rússia e Ucrânia deve permitir a recuperação imediata da provisão de gás à União Européia.

EFE |

"Agora precisamos que, imediatamente, o gás volte a ser fornecido à União Européia, já que há muitos cidadãos em perigo e esta situação foi demais longe", disse Barroso em comunicado.

Por sua parte, o comissário europeu de Energia, Andris Piebalgs, assegurou que "agora que os termos do acordo foram pactuados, as equipes de vigilância começarão seu trabalho tão em breve seja possível".

A Ucrânia assinou esta madrugada o protocolo sobre a comissão de controle do trânsito de gás russo por território ucraniano, assinado na tarde deste sábado por Rússia e União Européia (UE) e que permite retomar a provisão de combustível à Europa.

Pela parte ucraniana o documento foi assinado pela primeira-ministra, Yulia Timoshenko, no final de suas negociações com Mirek Topolanek, chefe de Governo da República Tcheca que exerce a Presidência rotativa da UE. EFE met/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG