CE comemora concessão do Prêmio Sakharov ao ativista chinês Hu Jia

Bruxelas, 23 out (EFE).- A porta-voz de Relações Exteriores da União Européia (UE), Christiane Hohmann, comemorou hoje a concessão do Prêmio Sakharov para a Liberdade de Pensamento 2008, concedido pelo Parlamento Europeu ao ativista chinês Hu Jia, e ressaltou que o bloco europeu sempre foi muito firme em sua defesa.

EFE |

"A Comissão Européia dá uma grande importância à liberdade de pensamento, é um dos pilares de nossos sistemas democráticos, e levamos o assunto muito freqüentemente às autoridades chinesas", afirmou.

Acrescentou que, "no caso específico de Hu Jia, no primeiro semestre, a União Européia fez declarações muito firmes sobre seu caso e tomou iniciativas a seu favor quando foi detido", disse Hohmann.

Em março, a Presidência rotativa da UE, que na época estava nas mãos do Governo da Eslovênia, reivindicou à China a libertação de Hu Jia e de outros ativistas pelos direitos humanos, detidos por crimes de opinião. EFE met/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG