duras perdas nas eleições regionais - Mundo - iG" /

CDU de Merkel admite duras perdas nas eleições regionais

Berlim, 30 ago (EFE).- A União Democrata-Cristã Alemã (CDU) da chanceler Angela Merkel admitiu hoje como duras perdas os resultados das regionais, enquanto o aspirante social-democrata à Chancelaria, Frank-Walter Steinmeier, considera um sinal diante das eleições gerais, dentro de um mês.

EFE |

"As perdas de votos nos estados do Sarre e da Turíngia são dolorosos", disse o secretário-geral da CDU, Ronald Pofalla, à luz das primeiras projeções de voto, segundo as quais sua legenda perdeu a maioria absoluta nesses dois estados.

Os resultados das regionais geraram, por outro lado, a euforia do Partido Social-Democrata (SPD) de Steinmeier, que as pesquisas para as gerais colocam entre 14 e 15 pontos abaixo de Merkel.

"É um claro sinal diante das eleições ao Parlamento federal", disse o aspirante à Chancelaria, cujo partido ficou aproximadamente nos mesmos níveis que nas regionais de quatro anos atrás.

Abre-se assim a possibilidade no Sarre e na Turíngia de uma substituição no poder a favor de uma aliança entre social-democratas e a legenda A Esquerda, com ou sem apoio dos Verdes.

Esta possibilidade é uma tentação, mas também um perigo para Steinmeier, já que A Esquerda reúne em suas filas os pós-comunistas do leste da Alemanha e a dissidência social-democrata em torno do ex-presidente do SPD Oskar Lafontaine.

Nos últimos anos, A Esquerda se consolidou como segunda força em todo o leste do país e ganhou terreno no oeste, graças, em grande parte, ao voto de protesto contra a linha centrista do SPD representada por Steinmeier. EFE gc/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG