Cazaquistão retira tropas do Iraque a pedido do Governo iraquiano

MOSCOU - O Cazaquistão anunciou hoje a retirada do Iraque de seu contingente, formado por 27 engenheiros, a pedido das autoridades desse país, meses após os Estados Unidos pedirem que as autoridades cazaques aumentassem sua presença militar.

EFE |

"A unidade de engenheiros foi retirada hoje do Iraque. A pedido do Governo do Iraque e em conexão com a estabilização da situação, os soldados cazaques voltarão para casa", informou o Ministério da Defesa do Cazaquistão, em comunicado.

A nota oficial acrescenta que o contingente cazaque "cumpriu todas as tarefas atribuídas durante os cinco anos de presença no Iraque", informaram as agências russas.

"A principal missão do contingente era a busca e inutilização de minas e explosivos, transferência de água, limpeza dos cursos de água e assistência médica. Um total de 290 soldados cazaques serviu no Iraque", disse.

No início deste ano, os Estados Unidos pediram às autoridades cazaques que aumentassem seu contingente militar no Iraque, proposta que seria estudada pelo Cazaquistão.

O contingente cazaque, integrado por 27 engenheiros, estava no Iraque desde agosto de 2003.

O Cazaquistão declarou sua intenção de retirar suas tropas do Iraque em meados de 2005, depois que a província de Wasit, sob controle da Polônia, foi alvo de vários ataques por parte dos grupos insurgentes.

Depois, o Governo se pronunciou contra a retirada, apesar da morte perto de Bagdá do primeiro engenheiro cazaque em um acidente em um depósito de munição, que também causou a morte de sete soldados ucranianos.

Leia mais sobre Iraque

    Leia tudo sobre: iraque

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG