Catar decide fechar escritório israelense em Doha

Cairo, 18 jan (EFE).- O Ministério de Assuntos Exteriores do Catar informou hoje oficialmente ao escritório comercial israelense em Doha sua decisão de fechá-lo e que seu pessoal deve abandonar o país num prazo de sete dias, segundo a agência oficial QNA.

EFE |

A "QNA", que cita uma fonte não identificada do Ministério, disse que o diretor do escritório comercial israelense em Doha recebeu uma carta oficial comunicando ao Estado judeu a decisão.

O prazo máximo de sete dias dado pelo Catar para o fechamento do escritório israelense começa hoje, segundo a fonte.

A decisão foi adotada depois de na sexta-feira passada o Catar anunciar sua intenção de "congelar" relações políticas e econômicas com Israel, segundo a "Al Jazira".

O Catar manteve por anos uma relação especial com Israel, mas retirou seu escritório de representação diplomática no Estado judeu pouco depois de começar a segunda intifada palestina, em setembro de 2000. EFE hh/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG