Catar apoia ações do Brasil para paz no Oriente Médio

O emir do Catar, Hamad Bin Khalifa Al Thani, disse esta tarde que espera muito do Brasil na construção de um processo de paz entre Israel e Palestina. O Catar apoia as iniciativas do Brasil em favor da paz e suas ações humanitárias, afirmou o emir, em discurso durante almoço oferecido pelo governo brasileiro, no Palácio do Itamaraty.

Agência Estado |

O tema foi tocado minutos antes, no breve discurso do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O presidente afirmou que o espírito de tolerância e de esperança que forjou o Brasil levou o País também a atuar desde 2004 no Haiti.

Lula agradeceu a disposição do Catar em contribuir com ajuda emergencial ao Haiti. Em seguida, destacou que foi a "vocação de solidariedade" do Brasil que fez com que o País buscasse alternativas para o conflito no Oriente Médio. "Defendemos a constituição de um estado palestino viável e a existência de Israel em condições de segurança", afirmou.

Lula lembrou da influência do Catar tanto na questão palestina, quanto no processo de paz no Darfur, no Sudão. Para o presidente, o mecanismo de consultas bilaterais Brasil-Catar deverá ajudar ambos os países a colaborarem com os esforços de reconciliação nessas duas regiões. Lembrou que no início de 2009 o chanceler Celso Amorim viajou ao Oriente Médio para dar apoio ao cessar fogo em Gaza. Afirmou ainda que com essa mesma convicção recebeu os presidentes de Israel, Shimon Peres; da Autoridade Palestina, Mahmud Abbas, e do Irã, Mahmoud Ahmadinejad e concluiu afirmando que visitará Israel e Palestina em março e o Irã em maio.

    Leia tudo sobre: oriente médio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG